domingo, 7 de novembro de 2010

O Museu do Barolo

Barolo é um antigo vilarejo do Piemonte (nordoeste da Itália) entre colinas, serras e lagos. E é dele que leva o nome um dos vinhos mais celebrados e cultuados do mundo.

Austero e elegante, é conhecido como o “rei dos vinhos e vinhos dos reis”, por ter sido o vinho oficial da Corte dos Savoias (dinastia real européia proveniente da Borgonha e instalada em Itália no século XVIII).

O vinho é tão importante que (assim como vimos com o do Brunello) foi inaugurado um museu em sua honra.

Instalado dentro do Castelo da cidade, propriedade de grande valor histórico, o WiMu (Wine Museum) proporciona uma jornada emocional em 25 salas: 5 andares de historia e cultura do vinho.

Através do site oficial é possível fazer um tour virtual das exposições, reservar on-line a própria visita e baixar conteúdos multimídia interativos para o próprio celular smartphone.

Para quem for viajar para Itália, já dei a dica.







3 comentários:

  1. Mario, vc já tomou algum Barolo do Marchesi di Barolo? Sabe se é um bom produtor?
    Tenho um Barolo 'Tradizione' desse produtor (que é a linha mais básica dos Barolos dele), da safra 2007. Acha que já dá pra abrir com estes 6 anos, ou seria muito infanticídio?

    Abraço,
    Rubão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rubão,
      é um bom produtor sim. A principio, com 6 anos de vida poderia estar jovem, mas a 2007 foi uma safra mais pronta, então eu acho que o pode tomar sem medo de ser feliz. Recomendo de qualquer forma uma decantação prévia.
      Depois me fale!
      Abraço!

      Excluir
    2. Obrigado!

      Abraço

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...