terça-feira, 25 de maio de 2010

Louvre? Merci pas, je préfère le Brunelló

Se digo museu, com muita probabilidade o primeiro que passa na sua cabeça é o Louvre, não é?

Mas como este é um blog sobre vinhos, as belas obras de arte expostas no museu parisiense não cabem neste espaço, mas sim cabem outras expressões artísticas, como por exemplo, um vinho que fez a história do vinho.

Pois bem, perto da pequena cidade de Sant’Antimo, no coração de Montalcino, surge o Museo del Brunello: ele é situado entre as lendárias vinícolas Biondi-Santi e Fattoria dei Barbi, rodeado por vinhedos e paisagens de tirar o fôlego.

O museu se tornou uma referência para enólogos e enófilos, pois conta a história do vinho que se tornou um ícone mundial: como ele nasceu, quem foram os inventores, como acontece a vinificação a partir do vinhedo até a adega, os métodos de conservação, os personagens célebres que o quiseram nas próprias mesas, a história da comunidade de Montalcino e da gastronomia típica da região. Tudo através de uma exposição permanente com documentos originais, fotos, mapas da época, as primeiras garrafas (e jarras) e as primeiras máquinas, os primeiros apetrechos, as ferramentas, enfim tudo que é preciso saber sobre este mítico vinho.

Ademais na loja do museu é possível adquirir livros raros sobre o assunto e seus rótulos preferidos, já no Louvre você não pode levar a Monalisa para casa...

Para maiores informações e contatos (os diretores Srs. Mirco e Giulia são pessoas gentilíssimas): http://www.museodelbrunello.it/

Seguem algumas fotos do museu, da cidade de Montalcino, dos vinhedos e das redondezas (as coloridas Colinas Senesi são um dos lugares mais bonitos que já vi na vida!).
















0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...