terça-feira, 9 de novembro de 2010

Este é o Novo Mundo que gosto

Este vinho acende o meu lado novomundista. Tem todas as características de Novo Mundo que frequentemente critico, mas talvez estejam todas na medida certa. Ou pelo menos em um estilo que me agrada bastante, pois o bebo sempre com prazer.

Da Viña Chocalán (vinícola boutique) já provei quase toda a linha, inclusive um super-blend Gran Reserva, ícone da casa - que é muito bom (e caro) - mas em relação ao custo este Syrah é pra mim a melhor escolha.

Com uvas procedentes de vinhedos de 11 anos de idade em Valle del Maipo, colhidas manualmente e fermentadas com leveduras naturais. O uso da barrica é bem “democrático”: 50% francês, 50% americana; 50% nova, 50% de segundo uso, por 12 meses.

É um vinho com muita complexidade de aromas e sabores: de fruta silvestre ao café, passando pelo tabaco e algumas especiarias picantes, com umas notas minerais. Tem um belo corpo, volume, taninos finos e redondos e fecha com boa persistência.

Ganhou medalha de ouro ao Concours Mondial de Bruxelles.

Voto gringo: 7 ½

Vinho: Chocalan Reserva Syrah
Safra: 2007
Produtor: Viña Chocalán
País: Chile
Região: Melipilla - Valle del Maipo,
Uvas: 100% Syrah
Teor Alcoólico: 14%
Importadora: Terramatter
Custo médio: R$ 70,00

2 comentários:

  1. Caro amigo,
    espero não se chateie por a observação:
    o seu título do post tem um pequeno equívoco gramatical: "Este é o Novo Mundo que gosto".
    O verbo gostar pede sempre a regencia, no caso, da preposição de...Quem gosta,no sentido de apreciar, querer bem -, gosta de alguma coisa.
    Entretanto, se vc usou gostar, no sentido de provar, aí estaria certo, pois quando é transitivo direto, sem a preposiçào "de", o verbo ganha a conotação de provar, degustar, testar (sentido que nao foi o que vc quis usar). Enfim...
    Acho que ficaria melhor assim: Este é o Novo Mundo de que gosto. Ou deixe como está, no sentido de que é esse o vinho do novo mundo que vc prova, degusta... o que não ficaria de todo equivocado...
    Obs: Já comentei com amigo que vc escreve melhor do que a maioria dos nossos patrícios. Daí, a sugestão.
    Sou seu leitor atento.

    ResponderExcluir
  2. Meu caro amigo “Anônimo”,
    Não fico nem um pouco chateado pelo seu comentário, alias fico grato pela culta lição de gramática.
    Eu tento dar o melhor com meu português de gringo, mas nem sempre consigo...
    Obrigado por acompanhar o blog.
    Abraço!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...