quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Direito privado ou vinho?

Pode uma Instituição de direito privado e utilidade pública ser também produtora de ótimos vinhos? A resposta é afirmativa, pois a Fundação Eugênio de Almeida opera na área de assistência cultural, social e espiritual e produz também vinhos entre os melhores de Portugal (o Pêra Manca lhe lembra algo?).

A Adega Cartuxa está localizada em Évora, no Alentejo, dentro do homônimo mosteiro Jesuíta, um lagar de vinhos desde o 1776.

Este Cartuxa Tinto Colheita 2008 é um corte de Aragonez, Alicante Bouschet e Trincadeira que estagia por 12 meses em barricas de carvalho francês, mais 8 meses em garrafas.

Tem aromas de ameixas e cassis, na boca bastante profundidade e volume, com taninos redondos. Achei a madeira sobressair um pouco, mas certamente um ótimo vinho.

Voto gringo: 7

Vinho: Cartuxa Tinto
Safra: 2008
Produtor: Fundação Eugenio de Almeida
País: Portugal
Região: Alentejo
Uvas: Aragonez, Alicante Bouschet e Trincadeira
Teor Alcoólico: 14%
Importadora: Pacific Importados
Custo médio: R$ 90,00

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...