quarta-feira, 2 de junho de 2010

Lar Doce Lar

Somente para completar o post anterior, vou falar brevemente do vinho tomado para me “desparkerizar” depois de uma semana exclusiva de vinhos do novo mundo em estilo moderno.

Trata-se do Rupestro da Vinícola Cardeto: um IGT de sangiovese com merlot, procedente da região de Úmbria, na Itália Central.

Este é um vinho que degustado em outras circunstâncias talvez não tivesse me proporcionado particulares sensações, pois é com certeza “inferior” a todos que bebi durante a semana (vinho jovem, sem muita estrutura, sem passagem em madeira...), mas para o que eu estava precisando naquele exato momento foi perfeito: aroma herbáceo, bom toque de mineralidade, acidez pronunciada e moderadamente tânico.

Achei a sensação muito interessante e por isso quis compartilhá-la com vocês: sabem quando voltando de uma viagem linda, mesmo depois de ter conhecido lugares maravilhosos e mesmo sabendo que o local aonde mora não chega nem perto de tanto esplendor, você acha bom voltar para o conforto acolhedor do seu lar?

Pronto, é exatamente esta a sensação que provei bebendo este vinho.

E harmonizou perfeitamente com um prato de espaguete com almôndegas e tomate.

There’s no place like home.


Vinho: Rupestro IGT

Safra: 2008

Produtor: Cardeto

País: Itália

Região: Úmbria

Importadora: Decanter

Custo médio: R$ 40,00

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...