terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Por que vinho no Brasil é tão caro? Descubra aqui

A fiel e sempre atenta leitora Rosane, em seguida às minhas polêmicas sobre os exorbitantes preços do vinho no Brasil, me enviou um link da revista Exame que explica um pouco mais sobre a questão.

Como falei para ela, infelizmente para mim isso não é novidade nenhuma, pois venho estudando o assunto faz tempo, mas acho interessante para quem não acompanha a matéria de perto, dar uma conferida neste link : um artigo claro e objetivo.

Normalmente fala-se que o brasileiro não gosta de vinho, que o calor não ajuda a difusão desta bebida, mas como falei na entrevista dada ao Enodeco do R7, a verdade é que o mercado não é maduro principalmente por causa dos altos custos de importação. 
Isso sem falar da alta margem de lucro das importadoras, que em uns casos mereceria queixa na delegacia... 

Afinal eu não conheço ninguém que não goste de vinho: nem todo mundo toma vinho simplesmente porque não cabe no bolso de todos.

Quanto ao calor, somente para dar um exemplo, a Austrália tem o mesmo clima nosso e é um dos maiores consumidores do planeta.

A realidade é que o vinho ainda não se tornou parte do cotidiano dos brasileiros somente porque é caríssimo. Mas imagine vinho fino importado custando menos de R$ 10,00: não ia fazer mudar de hábitos até o mais inveterado cervejeiro?

Deixe abaixo o seu comentário de desabafo/reclamação.

Valeu Rosane, estamos juntos na luta!

7 comentários:

  1. Valeu Mario,
    ótimo post. Se todo mundo reclamar um pouco quem sabe chega aos ouvidos das pessoas que tomam decisões. Esse link veio do meu grande mestre Gianni Tartare, com quem não me canso de aprender um pouco. Outro dia ele falou no preço dos bons nacionais que também estão pela hora da morte.
    Abs

    ResponderExcluir
  2. Bom, Rosane,
    Então fale para seu amigo Gianni começar a trabalhar isso também de dentro, pois a Enoteca Fasano (onde ele trabalha) é a importadora que tem os preços mais abusivos do Rio, e talvez do Brasil...!
    Quanto aos vinhos nacionais ainda ontem tive uma troca de idéias com um leitor, de uma olhada nos comentários deste post: http://mondovinho.blogspot.com/2011/01/as-novas-tendencias-do-vinho-para-o.html
    Valeu! Grande abraço!

    ResponderExcluir
  3. E por que comprar um vinho importado? O Brasil possui vinícolas que elaboram EXCELENTES produtos a preços rasoáveis. E olha que os produtores brasileiros pagam altíssimos impostos, sofrem com a desvalorização vinda do consumidor brasileiro e mesmo assim tem seus vinhos premiados no Brasil e no exterior. Abram a cabeça, abram um vinho brasileiro.

    ResponderExcluir
  4. Meu caro “anonimo”, vinho brasileiro de qualidade não é nada barato. Vinho nacional é qualitativamente inferior aos demais importados da mesma faixa de preço. Isto mesmo os importados pagando mais impostos.

    ResponderExcluir
  5. Caro Anônimo,

    A dois dias tomei um "Purpura" 2006, vinho nacional da serra gaúcha com estágio de 10 meses em barrica, na faixa dos 60 reais. O vinho que estava bem guardado na vinoteca, era de uma qualidade questionável, com aroma predominantemete vinoso e na boca taninos desequilibrados. Ora, por 60 reais compro vinho importados muito melhores.

    ResponderExcluir
  6. Não sou especialista em vinho,vinho bom pra mim é aquele que agrada o meu paladar e custa barato,os nacionais que custam menos de 5 dolares são intragaveis,adoçados,fabricados com uva de mesa,por 5 dolares no Chile ou Argentina toma-se um vinho de mesa equivalente aos brasileiros que custam 12 dolares.Vai chegar o dia que os produtores brasileiros vão descobrir que produzindo um produto melhor e vendendo por menos o Brasileiro irá consumir como o Argentino ou o chileno,enquanto isto não acontece vou comprando Chilenos ou Argentinos.

    ResponderExcluir
  7. Tomara que isso aconteça logo, meu amigo.
    Obrigado por visitar e comentar.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...