quarta-feira, 14 de março de 2012

Nome difícil, vinho fácil de gostar


Pera aí, para escrever o nome deste vinho é preciso me concentrar: 
Fritz Haag Brauneberger-Juffer Riesling Kabinett Trocken 2007.
Para comodidade o chamaremos de “joão”.
Fritz Haag é um dos produtores tops da Alemanha, precisamente da região do rio Mosel; produz exclusivamente vinhos brancos, todos com a casta Riesling.
A denominaçao “kabinett” indica os vinhos frescos e aromáticos, já “trocken” indica que trata-se de vinho seco (pois na região são bastante comuns brancos doces).
Este “joão” é um bom exemplar da casta, bastante delicado nos aromas (sem querosene!) e no paladar.
Delicado, mas complexo: maça verde, mel, limão no nariz; já na boca é um vinho mineral e fresco (boa acidez equilibrada pelo álcool de 12%), e com um final levemente cremoso.
Perfeito nestes dias de calor e ideal para acompanhar aperitivos e petiscos.

Voto gringo: 7 ½
 

Vinho: Brauneberger-Juffer Riesling Kabinett Trocken
Safra: 2007
Produtor: Fritz Haag
País: Fritz Haag
Região: Mosel
Uvas: 100% Riesling
Teor Alcoólico: 12%
Importadora: Grand Cru
Custo médio: R$ 94
Notas: WS92

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...