terça-feira, 4 de maio de 2010

Avaliação gringa: bode expiatório

Da vinícola já falei amplamente no post anterior, então vamos logo à avaliação.


Vinho: Goats do Roam Red
 
Safra: 2008

Produtor: Goats do Roam - Fairview

País: África do Sul

Região: Paarl

Importadora: Expand / Vila Porto

Custo médio: R$ 42,00

 
 
Objetivamente é o sul-africano mais francês que já provei. Não a caso, as cabras perambulantes do nome do vinho fazem referencia à Côtes du Rhône e é um corte de 5 castas típicas desta região, nas seguintes percentagens:
Syrah 61%, Cinsaut 14%, Mourvèdre 13%, Grenache 8%, Carignan 4%

Aroma frutado e mineral, entrada macia e aveludada, achei os taninos bem presentes e um leve amargor no final.

Um vinho que obviamente não consegue alcançar a profundidade e intensidades dos grandes vinhos do sul da França, mas que, a partir do conceito do Rhône, consegue expressar um próprio caráter de vinho gastronômico, e de qualquer forma um estilo diferente dos vinhos sul-africanos que costumamos encontrar normalmente.

P.S. o belo desenho do bode no rotulo é inspirado em um antigo artefato da Mesopotâmia.

Voto gringo: 6



0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...