segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Robert Parker: o fim do escândalo. Ou não?

Importantes novidades sobre o escândalo que envolveu o Robert Parker e seus colaboradores. Jay Miller, o crítico incriminado, pediu demissão “espontaneamente” e já não faz mais parte da Wine Advocate. O mesmo Parker informa a “mudança não fácil, mas essencial” no site dele. Parece que o meio das “transações” seja o Master of Wine espanhol Pancho Campo, que intermediou os contatos entre o Miller e as vinícolas de Murcia. O Campo, obviamente, desmentiu tudo.

Enfim, toda a história  deixou o amigão Bobby não pouco nervoso, e as demissões do colaborador são um claro sinal que algo deu errado. Os e-mails, com o requerimento de dinheiro existem e ninguém até agora deu uma resposta convincente.

Arriscamos uma hipótese: o Parker, em vez de se preocupar em indagar sobre a longa cadeia de comunicações, preferiu fazer limpeza geral, afastando de uma vez o Miller e as suspeitas.
Resta, nesta altura, um mistério a ser resolvido: quem teria sido o titular da fatura?

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...