quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Um dos melhores tintos da Argentina?

Este vinho se tornou um sucesso internacional e um ícone argentino. Isso porque entrou por 3 vezes em seguida na Top 100 list dos melhores vinhos do mundo da revista americana Wine Spectator, alcançando em 2009 a posição de n. 32 com 92 pontos.
A vinícola é uma das mais antigas da Argentina, datando 1831, e sua área de cultivo (Vale do Calchaqui, na região de Salta) é talvez a de maior altura do mundo (até 3.111 metros).
A filosofia da vinícola é a seguinte: trabalho orgânico (com algumas práticas também de biodinamismo) e baixo rendimento. Além disso, os vinhedos são antigos, a altura (com conseqüente maior exposição aos raios UVA) faz o resto: o resultado são vinhos ricos e bastante concentrados.
A vinícola, que desde 2001 pertence à família Hess, produtores de Napa Valley, Califórnia, produz somente 3 vinhos: um Torrontés, um Malbec Reserva, mas é este Colomé Estate Malbec o vinho emblemático da vinícola, pelos motivos acima citados.

Procedente de vinhedos que vão de 90 a 150 anos de idade, é um Malbec pelos 85%: o restante é composto de pequenas parcelas de Tannat e Cabernet Sauvignon, maturado por 18 meses em barricas de carvalho de primeiro e segundo uso.
Nariz bastante intenso de baunilha e geléia de frutas negras. Na taça, densidade alta, muita concentração de fruta, madeira um tantinho a mais para os meus gostos, mas a boa acidez melhorou o conjunto. Taninos maduros e doces. Persistência média, com retro gosto de ameixas.
Enfim, um bom vinho e com preço até razoável, mas estava esperando algo a mais, não por causa da Wine Spectator, cuja opinião é sempre muito opinável (inclusive a ligação com o produtor californiano lhe diz algo?), mas por ser da região de Salta esperava um vinho com mais elegância e menos músculos.
Fazer o que...Deus os perdoe, são americanos.

Voto gringo: 7 ½

P.S. um agradecimento para a amiga Raquel que trouxe este moleque diretamente de Buenos Aires.

Vinho: Colomé Estate Malbec
Safra: 2009
Produtor: Bodega Colomé
País: Argentina
Região: Salta
Uvas: Malbec (85%), Tannat e Cabernet Sauvignon
Teor Alcoólico: 14,5%
Importadora: Decanter
Custo médio: R$ 90,00

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...