domingo, 7 de agosto de 2011

Qual é o limite menor de preço para um bom vinho? Indique o seu Bolso Esperto!

Antecedente: há poucos dias, o diretor da revista Decanter, Guy Woodward declarou para a BBC que para ele não existem vinhos decentes abaixo dos 5 euros (R$50, mais o menos, fazendo a minha quase infalível conversão para o Brasil). Imediata a resposta de ASDA, terceiro revendedor de vinho do Reino Unido, que tachou o Woodward com a pior marca de infâmia para um ser humano: enochato. Tá bom, há pior. Continuação: Woodward driblou a acusação com um salto mortal triplo carpado inverso com inclinação, dizendo que os 5 euros eram para ser entendidos como tax free, livre de imposto, que faz aumentar o preço de um tanto, mas ASDA logo rejeitou o golpe: “Você é um hipócrita: a revista Decanter já premiou muitos dos nossos vinhos abaixo dos 5 euros, impostos incluídos”.
Agora, enquanto a luta entre os dois continua, eu pergunto a vocês: existe um limite abaixo do qual podemos automaticamente declarar um vinho intragável? E, abaixo deste limite, vocês se sentem enochatos, ou iluminados que não se deixam explorar?
Quanto ao MondoVinho, a coluna do Bolso Esperto fala por si mesma. Mas vocês?
Deixe o seu comentário, e indique os seus Bolsos Esperto, sem poupar exemplos: quem indicar o frasco mais barato e estratosférico, ganha um quilo de Obrigações do Tesouro Nacional. 
Grego, obviamente.

7 comentários:

  1. Pegue por exemplo um Finca la Linda de R$ 32,00 e estará bem servido. É excelente? Não. Mas para o dia a dia é muito bom. Assim há alguns outros exemplos. Mas confesso que os abaixo desse valor não olho muito. Acho que a faixa 35-90 reais tem vinhos excelentes. Acima disso reservo para ocasiões especiais (que sempre aparecem quando tenho vinhos melhores em casa - estranha coincidência).

    ResponderExcluir
  2. Consegue-se achar vinhos decentes e palatáveis, por R$ 25,00.

    ResponderExcluir
  3. Eu creio que ultimamente alguns vinhos a partir de R$ 30,00 podem ser gratas surpresas no quesito custoxbenefício. Ressalto, não serão vinhos inesquecíveis mas trarão prazer para a situação em que forem consumidos.

    ResponderExcluir
  4. Na minha leiga opnião, e complicado mais muito complicado mesmo comprar um vinho DECENTE AQUI NO BRASIL abaixo dos R$ 15,00. Recentemente tive uma agradavel experiencia com o vinho Clube do Sommelier Chileno da uva Cabernet Sauvignon safra 2010 ( R$ 15,90 ) estava um vinho correto e a outra foi com argentino Uxmal Malbec safra 2010 (R$ 21,00).

    Abraço e que a nossa semana seja repleta de bons vinhos. Dimas Moreira

    ResponderExcluir
  5. Rsrsrs, achei que seria fácil ganhar obrigações do Tesouro Nacional. Só não tinho acabado de ler a última frase: "Grego, obviamente". Que presente!

    Aí vai a dica: cave Geiss Brut ou Nature a R$ 45,00 a R$ 47,00 é definitivamente um bolso esperto (vinho abaixo de R$ 50,00).

    ResponderExcluir
  6. Para mim, o patamar é o de 25/30 reais ... Abaixo disso é muito difícil de encontrar alguma coisa "potável" - a não ser, às vezes, em promoções de super-mercado.
    E o teto ? Bem, acho que, em situações normais, o meu teto é de 150 reais. Já comprei mais caros ? Sim, mas ou em uma ocasião especial ou em um momento de alucinação, do tipo - "preciso provar este vinho !!!!!"

    ResponderExcluir
  7. Bom, amigos, entao definimos o preço médio de R$25 como o limite.
    Finca La Linda, Uxmal e Cave Geiss são boas pedidas sim!
    Obrigado a todos por comentar.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...