segunda-feira, 25 de outubro de 2010

A diversidade da Califórnia


Recentemente fui a uma degustação da Sbav chamada “A diversidade da Califórnia”. Como já disse em mais de uma ocasião a Califórnia faz vinhos excelentes e bem interessantes, pois são em estilo Novo Mundo, mas com fortes referências e inspiração do Velho Mundo. Em minha opinião, colocam-se de maneira geral entre os “dois mundos”, com as devidas exceções do caso.

Os vinhos degustados são importados no Brasil pela Wine Experience e foram os seguintes:


Forest Ville Chardonnay 2008
Produtor: Forest Ville - Região: Sonoma County
Este é o clássico que poderíamos esperar de um chardonnay californiano: madeira, baunilha, mel e cremosidade (R$ 64,00). 
De Loach Pinot Noir 2008
Produtor: DeLoach - Região: Russian River
Na composição entram também Sangiovese, Zinfandel e Carignan. Mas em minha opinião, foi o pior da noite. Aromas fechados, álcool sobressaindo (quase licoroso), pouca complexidade e nenhuma persistência. Não vale absolutamente o preço cobrado (R$ 106,00).


Crane Lake Zinfandel 2006
Produtor: Crane Lake Cellars - Região: Napa Valley
Tem no corte pequenas parcelas de Petite Syrah e Petite Verdot, no nariz pimenta e especiarias, na boca complexo, boa estrutura, taninos finos e final discretamente longo (R$ 57,00)


De Loach Merlot 2007
Produtor: DeLoach - Região: Russian River
Este me pareceu um vinho espanhol: moderno e frutado, mas também com um pouco de rusticidade que sempre me agrada. (R$ 99).

Avalon Cabernet Sauvignon 2007
Produtor: Purple Wine Company - Região: Napa Valley
A estrela da noite. Com parcelas de Merlot e Syrah é um vinho equilibrado e complexo. Mas talvez o mais parecido com os nossos argeninos/chilenos (R$ 124)


Concluindo, o ganhador da noite pra mim foi o Zinfandel, disparado: certamente sou suspeito, pois eu gosto da uva (sou fã da primitivo), mas em relação ao preço oferece sem dúvida a melhor qualidade.



Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...