segunda-feira, 19 de abril de 2010

Avaliação gringa: chileno com sotaque francês

Já comentei este vinho no ótimo blog do amigo André Rossi (Enodeco) e me pareceu adequado que esta minha avaliação figurasse também no meu blog.

A vinícola dispensa apresentações, fundada pela família francesa Marnier (a do famoso licor Grand Marnier), produtora do ícone Clos Apalta, escolhido como melhor vinho do mundo em 2008 pela Wine Spectator.
Este “Casa” apesar de ser a linha básica (na verdade existe uma linha ainda inferior, chamada Santa Alvara, mas não é vendida no Chile, sendo elaborada especialmente pelo mercado brasileiro e outros mercados menores) é com certeza um rótulo notável. Vamos ver os detalhes:


Vinho: Casa Cabernet Sauvignon

Safra: 2006

Produtor: Casa Lapostolle

País: Chile

Região: Vale do Rapel

Importadora: Mistral

Custo médio: R$ 42,00

 
 
 
 
Este vinho leva sempre pelo menos 85 % de Cabernet Sauvignon, sendo que o restante 15% è um corte que varia de safra em safra, para conferir maior estrutura e intensidade.

A safra 2006 que eu bebi levava 6% de Carmenere, 6% de Petit Verdot e 3% Cabernet Franc.

No copo apresentou uma cor rubi escura brilhante, no nariz aroma de fruta madura tipo cereja com toque de tostado e baunilha (que vem dos 10 meses de maturação em barricas de carvalho francês), na boca muito bem equilibrado, bom corpo, bastante macio e um discreto final.

Pelo custo me pareceu uma ótima barganha.

Voto gringo: 7

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...