terça-feira, 24 de janeiro de 2012

94 pontos (Parker) para um vinho de R$ 40,00???

Já vimos o “sistema” que o Jay Miller, ex-colaborador do querido Robert Parker, usava para avaliar os vinhos pela Wine Advocate. A dúvida a respeito da ética do Parker ficou insinuada e nada nos impede de pensar, até prova contrária, que o próprio patrão agia da mesma forma. Isto explicaria pelo menos esta nota estrondosa dada para o Château Pesquié Lês Terrases 2010.
Mr Parker in person (é ele que cuida das avaliações do vale do Rhône) deu 94 pontos para este rótulo, que custa no Brasil entorno de R$50.
Obviamente cético, quando encontrei o vinho em uma promoção, por R$40,00, quis fazer a prova, e não é que o Bobby mais uma vez não me desmentiu? Só pode ser piada mesmo!
94 é uma nota que normalmente os críticos (Parker incluído) reservam para grandes vinhos, classificados como “outstanding”. Não que um vinho barato não possa alcançar altas pontuações, simplesmente não é este o caso.
Vejam bem, os vinhos da Côtes du Ventoux (região sudeste do Rhône) costumam geralmente ter um bom custo-beneficio e o Lês Terrases não foge da regra. Corte de vinhas velhas de Grenache (60 anos) e Syrah (30 anos), 35% maturado em barricas por cerca de 1 ano. Os aromas não são particularmente impressionantes, mas na boca tem uma boa estrutura e discreta complexidade, com notas terrosas lembrando um Bordeaux e umas especiarias típicas da syrah. Acidez boa, taninos finos e final meio tímido.
Enfim, certamente um bom vinho, que até vale mais do que custa (e talvez com mais tempo de garrafa melhore ainda), mas, caro Robertinho, vamos deixar altas notas para grandes vinhos mesmo, tá?

Voto gringo: 7
  
VinhoTerrases 
Safra: 2010
Produtor: Château Pesquié (Famille Chaudiere)
País: França
Região: Rhone
Uvas: Grenache (70%), Syrah (30%)
Teor Alcoólico: 14%
Importadora: Nova Fazendinha
Custo médio: R$ 47,00
Notas: RP94
  

6 comentários:

  1. E o espanhol Embocadero tem o mesmo problema, conhece?

    ResponderExcluir
  2. Exatamente, Jefferson. O Embocadero tem, se não me engano, 92 pontos, mas pra mim não vale 85. Mas com os vinhos espanhóis as notas do Jay Miller eram simplesmente ridículas, e no link acima citado descobrimos o porque. Já do próprio Parker esperava uma abordagem diferente, mas não foi o caso...
    Obrigado por visitar e comentar.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  3. tenho um Embocadero na minha pequena adega...agora fiquei triste...já não tenho expectativas ao abri-lo...

    ResponderExcluir
  4. Caro César,
    Fique então bem preparado pois a decepção neste caso vem com a D maiúscula...!
    Obrigado por mais uma leitura!

    ResponderExcluir
  5. Embocadero é a maior enganação que já vi...não vale 20,00 pila !!

    ResponderExcluir
  6. Concordo!
    👏🏻👏🏻👏🏻

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...