quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Não deixe a sua bunda ficar assim! (foto esclarecedora)


Mais uma polêmica envolvendo os “vinho-naturistas”. Desta vez um casal de distribuidores de vinhos orgânicos, em uma entrevista no TheDrink Business, afirmou que beber vinho “bio” prejudicaria a possibilidade de voltar atrás: o bebedor eno-naturista sofreria demais com a retomada de vinho industrial e tal sofrimento se manifestaria de várias formas desagradáveis, entre elas erupções cutâneas, devidas aos “temidos” sulfitos.
O conhecido blogueiro americano Tom Wark, ligado à indústria e mercado de vinho californiano, não apreciou a matéria e quis polemizar em seu blog. Daí a foto provocadora.
A questão não envolve somente a química no vinho, mas também considerações de tipo ideológico e político: “Os vinhos naturais são um pouco como as obras de Karl Marx: não destinados para as massas”.
 Sociologia e polêmica a parte, é fato que existe uma tendência mundial para um consumo mais saudável e sustentável e obviamente os grandes produtores não ficam felizes com isto.
Acredito que todos nós, podendo escolher, ficaríamos com um produto mais natural, mas, por outro lado, temos que admitir que uns vinhos orgânicos e biodinâmicos são literalmente intragáveis. O problema, a meu ver, não está no uso da química, mas na quantidade, que nunca é declarada no rótulo.
O que vocês acham?

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...