domingo, 18 de agosto de 2013

E você, já provou vinho búlgaro?

Tudo bem, o importador do vinho que vou comentar hoje é parceiro do blog MondoVinho e já sei que isto vai levantar suspeitas a respeito da integridade/honestidade intelectual de quem aqui escreve. Mas seja claro: a parceria que tenho com a Winelands não envolve posts partidários e não me obriga a escrever matérias “bondosas”. O post que segue é totalmente espontâneo, porque simplesmente eu achei o vinho em questão diferente e digno de comentários. Afinal não é muito comum encontrar um vinho búlgaro, né? O importador quis me surpreender e de fato conseguiu em cheio com 2 premiados vinhos da Bulgária, um mais interessante que outro, o Stambolovo Cabernet Sauvignon Reserva 2008 e o Chateau Burgozone Pinot Noir 2011.

Hoje falarei aqui do primeiro. A vinícola Stambolovo fica situada ao sul da Bulgária, na proximidade da fronteira com Grécia e Turquia. Estamos falando praticamente da região do mundo aonde tudo começou, da origem da uva fermentada entendida como bebida e da rota que levou este néctar mundo afora.

Com mais de 80 anos de história, a Stambolovo coleciona inúmeros prêmios nacionais e internacionais, sendo uma das mais aclamadas vinícolas do País. E pelo visto, merecidamente.
O vinho que provei é o Cabernet Sauvignon Reserva 2008. Maturado em barricas de carvalho, é um tinto bastante complexo, que andou mudando bastante na taça conforme seu tempo de areação.
Logo após aberto exibiu os comuns perfumes florais e de baunilha, mas na boca estava ainda duro, com taninos rústicos e amargor final, lembrando um vinho dos “velhos tempos”. Mas ao longo de um jantar (onde escoltou dignamente um penne ao pomodoro), olfato e paladar andaram se transformando sem parar, mostrando agora aromas animais, depois herbáceos (mais para o mentolado), e ainda mais especiarias (canela), e toques defumados. Os taninos ganharam maciez e profundidade, a acidez ficou perfeita e o conjunto total ficou muito agradável mesmo, assumindo um ar, digamos, mais moderno.
O álcool sim é à moda antiga, inacreditáveis 12%, coisa hoje rara para um vinho desta estrutura, mas que fez com que, quando menos esperava, a garrafa ficasse vazia.
Este, entre outros, é um dos diferentes vinhos da Winelands, que é possível encontrar com exclusividade em seu Clube do Vinho.

"...Wine probably appeared in Europe at about 4500 BC in what is now Bulgaria..." 
(do artigo “Wine” em Wikipedia).

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...