terça-feira, 26 de março de 2013

O melhor tinto do ano?


Sei que o ano praticamente apenas começou, mas já temos um dos finalistas para concorrer ao título de melhor tinto provado em 2013. Um Bordeaux de primeira, e de safra excepcional.
Château Lafon-Rochet 2005. Grand Cru Classé pela Classificação Oficial de Medoc de 1855. Seus 45 hectares de vinhedo em single block, hoje conduzidos de forma orgânica e biodinâmica, ficam na apellation de Saint-Estèphe entre o Château Lafite-Rotschild de um lado e o Cós d’Estournel do outro. A vinícola é de propriedade da família Tesseron, procedente historicamente da produção de cognac, e donos também do Château Pontet-Canet, também Grand cru Classé.

Como vocês sabem, a Classificação de Medoc foi feita em 1855 e desde então nunca modificada – menos a promoção “política” do Mouton Rotschild a Premier Grand Cru em 1973 – portanto hoje tem grand cru classé bom e grand cru classé ruim; caros e menos caros (mas, infelizmente, nunca baratos). Este vinho fica no meio desta balança e pessoalmente o considero uma boa compra para quem quiser provar um grande Bordeaux sem gastar os valores absurdos cobrados para os mais badalados. Classificado como 4eme cru, o Château Lafon-Rochet é certamente superior a muitos de seus 10 colegas de ranking, podendo ser tranquilamente um 3° cru.

Verdade que a safra de 2005 foi histórica e que em outros anos ficou um pouco devendo, mas esta garrafa foi um show. Com 7 anos de vida é ainda uma criança e com certeza poderia ter aberto o moleque daqui a uns 30 anos, mas melhor aproveitar o presente, né? Então abri a garrafa sem medo de ser feliz, e para 2 horas os problemas foram de outros.
O vinho é um corte tradicional de Cabernet Sauvignon, Merlot e Cabernet Franc, maturado por 16-20 meses em barricas. Bem elegante, mas pela proximidade com Paulliac mostra também certa opulência. Aromas bem típicos de fruta negra, terra, hortelã, couro. Boa boca, do ataque até o final. Belo volume, com textura aveludada e equilíbrio perfeito entre madeira, acidez e taninos vivos, mas saborosos.
Um vinho clássico (e classudo), mas de olho na modernidade.

Vinho:
Château Lafon-Rochet
Safra:
2005
Produtor:
Lafon-Rochet
País:
França
Região:
Bordeaux - Saint-Estèphe
Uvas:
 Cabernet Sauvignon (55%), Merlot (40%), Cabernet Franc(5%)
Alcoól (Vol.)
13,5%
Importadora:
World Wine
Custo médio:
R$ 350,00
Notas:
RP 90; WS 92

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...