terça-feira, 13 de novembro de 2012

Qual é o vinho mais afrodisíaco do mundo?


A resposta parece até banal e tenho certeza que você já acertou.
A sommelier e jornalista australiana Debra Pearce Pratt pôs o quesito na edição de novembro da revista Decanter. O raciocínio é feito a partir do nariz, o órgão de sentido mais desenvolvido que temos, com 345 diferentes receptores. Por isto foi consultado o perfumista londrino Roja Dove que indicou os cheiros mais sensuais: jasmim, baunilha, musgo e lábdano. Especialmente parece que a baunilha leve à loucura (e eu que ainda me perguntava por que todo mundo gosta de vinho amadeirado, que bobo!).
Segundo o Roja temos ainda que distinguir as notas que trazem sensações tonificantes e inebriantes das outras responsáveis da sensualidade e excitação. Podemos achar as primeiras na fruta cítrica, na fruta vermelha, no anis, tomilho, lavanda, musgo e violeta. Já as sensações que suscitam atração física são provocadas por especiarias e, sobretudo, citrus, sândalo e trufas.
Então sabe qual é a uva que, uma vez vinificada, consegue originar este leque completo de aromas? Mas le Pinot Noir, naturellement! Segundo a Decanter os tintos feitos a partir desta uva, especialmente os da Borgonha, conjugam fruta vermelha e flores, especiarias, baunilhas e notas terrosas.
Enfim, isto explicaria porque os amantes do vinho são apaixonados por pinot noit. 
Melhor que viagra.  

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...