terça-feira, 17 de junho de 2014

Malbecs de boutique na seleção do mês do Clube dos Vinhos!

Clube dos Vinhos traz seleção especial Penedo Borges com uva Malbec

Nesse mês, fui presenteado pelo Clube dos Vinhos da Vinitude com a Seleção de Vinhos do mês de junho e tive uma grata surpresa. Além de receber os vinhos em curto espaço de tempo, os mesmos estavam em uma bonita e segura caixa, garantindo a qualidade da entrega.
O Clube dos Vinhos oferece opções de assinatura com 2, 4 ou 6 garrafas de vinhos escolhidos  e impressiona pela qualidade dos vinhos selecionados e preocupação com a experiência do consumidor.
“Neste clube você não receberá um vinho industrial, engarrafado aos milhões, mas chegarão em sua casa vinhos elaborados com muito cuidado e dedicação extrema, de vinícolas que abdicaram da produção comercial em larga escala para garantir vinhos de qualidade e personalidade, e por consequência, possibilitar a você uma experiência de degustação inigualável.” Clube dos Vinhos
Vantagens Bacanas para os associados:
·         Frete grátis para todo o Brasil;
·         Desconto de 15% no Vinitude, e-commerce do Clube dos Vinhos;
·         Revista de Vinhos on-line com informação de qualidade;
·         100% de satisfação garantida ou o dinheiro de volta;
·         Liberdade para pausar ou cancelar a assinatura quando quiser;
A Seleção do Mês – Vinhos Malbec da Penedo Borges
Os vinhos da Penedo Borges são totalmente artesanais, o que limita a capacidade da vinícola Bodega Otaviano, com o objetivo de criar uma série de vinhos com identidade e personalidade. Assim, ganhou espaço no cenário internacional e teve seus vinhos premiados por diversas publicações especializadas. A Bodega pertence aos sócios José Caetano Lacerda, João Carlos Dantas, Otávio Paiva, Ricardo M. Pinto e o enólogo Euclides Penedo Borges e é a única da Argentina que possui donos brasileiros.
Além disso, a Otaviano chama a atenção pela sua estrutura física, bela arquitetura e iniciativas como: exposições de arte em sua sede, restaurante dirigido pelo Chef Jesús Cahiza, no qual os pratos harmonizam com os vinhos por eles produzidos, espaço para eventos com vista para a Cordilheira. “Tudo para garantir aos seus visitantes uma experiência que conjugue sabores, charme e sofisticação – o que confirma a sua posição de ótimo destino enoturístico.” Penedo Borges.

Resenha dos Vinhos
Os vinhos que recebi são um Malbec varietal e um corte de Malbec-Syrah, ambos da linha Reserva, de safra 2011. Quem me conhece e acompanha o blog sabe que não sou muito fã de malbec no estilo mendoncino, por ser digamos um pouco over de top em todos os aspectos, mas os vinhos da Penedo Borges felizmente seguem outro padrão, puxado mais para elegância européia, sem todavia deixar do lado as características típicas do terroir de Mendoza.

O Malbec Reserva 2011, por exemplo, já no exame visual não remete aos “malbecões encorpadões” turvos e violáceos, sendo a cor mais de um bonito rubi, com reflexos violetas. No nariz entrega fruta silvestre madura, tipo mirtilo e cereja, com ameixas, e notas de baunilha, lavanda e talco. Bom ataque de boca, com corpo médio e várias camadas de complexidade. Acidez na medida, com taninos finos e macios e um final frutado muito agradável. Harmoniza perfeitamente com carnes e pratos de massas com molhos complexos. No corte leva também 15% de Cabernet Sauvignon, para dar mais estrutura.

O Malbec-Syrah 2011, embora fique na mesma linha (e patamar) possa talvez acompanhar uns pratos ainda mais elaborados, com um corte mais complexo e “quente”: 50% Malbec, 40% Syrah e 10% Cabernet Sauvignon. A cor vermelho- violáceo é muito intensa. O bouquet remete ao vinho anterior, mas ainda com aromas primários de especiarias tipo pimenta rosa, cravo-da-índia e erva doce. No primeiro gole senti no paladar uma madeira sobressaindo, mas depois de alguns minutos de areação o vinho se tornou muito equilibrado e as notas defumadas ficaram bem agradáveis. Taninos doces redondos, juntos com uma boa acidez completam o quadro deste tinto interessante e gostoso de beber.
Os dois vinhos têm 14% álcool (imperceptível) e estagiam em barricas de carvalho francês por 8 meses e mais 8 meses em garrafas antes de serem comercializados.
Verdadeiros vinhos de boutique, que qualquer apreciador da bebida de Baco não deveria deixar de provar. Para resolver logo o assunto e adquirir a Seleção do Mês é só acessar o link Quero Ser Sócio!




0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...