sábado, 14 de junho de 2014

Bolso Esperto nacional para o jogo do Brasil!


Eis mais uma demonstração que é possível tomar ótimos vinhos nacionais por menos de R$50. Este vai entrar direto na categoria Bolso Esperto, pois entrega mais do que custa.

A vinícola Pericó, conhecida também por ser a única produtora de icewine do Brasil, tem um história recente, mas já ganhou bastante reconhecimento. Os vinhedos foram plantados no vale homônimo em São Joaquim, na serra catarinense, a 1.300 metros de altitude em 2003 e o primeiro vinho (um rosé) foi lançando em 2007.  A vinícola foi pioneira também em lançar o primeiro espumante da região, em 2008.

Enfim, um belo trabalho que se refletiu também neste tinto: Basalto 2008. Resolvi abrir a garrafa homenageando vinho nacional durante o jogo de abertura da Copa e o vinho me surpreendeu muito positivamente. Com 6 anos de idade, estava esperando já certa evolução (senão até um vinho decaído!), mas o líquido estava inteirinho, gostoso e ainda com um potencial de guarda de mais 1-2 anos. Corte de Cabernet Sauvignon e Merlot, esta mesma safra entrou no TOP5 do Expovinis de Vitória na categoria Tintos do novo mundo, em 2011.

Na primeira fungada o bouquet aromático parecia fraco e pouco expressivo, mas a cada giro de taça começaram a sair pelo nariz camadas de perfumes florais, de fruta silvestre, madeira, baunilha e toques vegetais. Tem um corpo médio, mas volumoso na boca, com uma textura levemente terrosa, lembrando vinho de velho mundo. Os taninos são finos e doces, a boa acidez chama para mais uma taça e o final frutado tipo amarena o torna muito saboroso. Recomendado

Vinho:
Basalto
Safra:
2008
Produtor:
Pericó
País:
Brasil
Região:
Serra Catarinense
Uvas:
Cabernet Sauvignon (75%), Merlot (25%)
Alcoól (Vol.)
13,5%
Custo médio:
R$ 45,00

Os vinhedos da Pericò

A 1.300 mt de altitude




0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...