sexta-feira, 13 de abril de 2012

Uma nova bebida dietética: vinho!


Já ouviu falar em piceatanol?  É um derivado do nosso querido resveratrol. Esta substância é encontrada em alimentos como uva, vinho tinto e fruta vermelha (notar que chamei o vinho pelo que é: um alimento e não bebida alcoólica, como é considerada pelos nossos governantes), e afeta os processos das células de gordura, impedindo sua formação. Como resultado, a sua balança vai ficar mais feliz.

Isto, pelo menos é o que afirma e equipe de pesquisadores da Purdue University (EUA) em um estudo publicado na Biological Chemistry. De acordo com a pesquisa, o piceatanol age no gene da insulina na fase da adipogênese, processo em que as células jovens de gordura se tornam células gordas maduras. Graças à presença do piceatanol, a adipogênese (e, portanto, a presença de gordura) é reduzida ou até ausente.

Não é uma noticia maravilhosa, caros amigos, e, sobretudo, caras amigas que estão sempre preocupadas com o peso?

Claramente tudo isto ainda tem que ser confirmado, mas na dúvida eu tomo a minha dose diária de resveratrol (e piceatanol): como disse, se encontra em várias frutas como amora, mirtilo, maracujá, banana, entre outros, mas eu prefiro o resveratrol de fermentado de uva. Se funcionar contra a gordura, está bem. Se não funcionar, está bem igualmente. 

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...