sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Um Chardonnay espetacular!

Falar em Chardonnay é um pouco como falar em Pinot Noir: é Borgonha, tudo o resto é outra coisa. Vinhos feitos a partir destas duas uvas em qualquer outro lugar do mundo podem ser bons (e muitas vezes de fato são), mas são totalmente diferentes, e compara-la com seu terroir de origem é um inútil exercício de prosa. Enquanto outras castas e até terroirs foram recriados e descobertos com sucesso em outros ambientes, a Borgonha continua lá, única e irreproduzível.

O vinho de hoje é um belo Puligny-Montrachet 2010, produzido por Labaume Ainé et fils, uma das mais antigas maisons da Borgonha

Montrachet é um pequeno vinhedo, e ao mesmo tempo, o mais reputado do mundo para vinhos brancos. Ao redor dele uma série de vilarejos e aldeias dão o nome às suas Appellations mais abrangentes, todas de alto nível.

De maneira geral o estilo de branco em Puligny-Montrachet é muito mineral, com o carvalho mais contido em comparação com os brancos de outras denominações da Côte de Beaune, mostrando um caráter certamente mais elegante e refinado que os demais.


O vinho é delicado, mas muito complexo. Apesar de estar já com 6 anos é ainda muito vivo e rico. De linda cor amarelo-dourado, seu buquê aromático vai de lavanda a baunilha, passando por manteiga, amêndoas, erva doce, eucalipto, com mineralidade acentuada, lembrando grafite e pedra molhada. Na boca é envolvente e sua acidez pungente é amaciada pelo seu corpo acolhedor e redondo. Final de longa persistência.  Um vinho espetacular que merece ser provado.

Vinho:
Puligny-Montrachet
Safra:
2010
Produtor:
Labaume Ainé et fils
País:
França
Região:
Borgonha
Uvas:
Chardonnay100%
Alcoól (Vol.)
13%
Importadora:
Ruby Wines
Custo médio:
R$ 320,00
Avaliação MV
*** (memorável)


0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...