domingo, 13 de julho de 2014

Os 7 melhores vinhos de todos os tempos. Confira a lista (e porque)!

Como já disse: confiar nas notas da crítica é bom, mas desconfiar é melhor.

As avaliações são muito pessoais (quando não “condicionadas” por outros fatores e interesses) e muitas vezes as diferenças de notas para o mesmo vinho entre um crítico e outro acabam sendo gritantes.
Um dos exemplos mais clamorosos dos últimos anos é o Château Pavie 2003, avaliado pelo nosso Robertinho Parker com 95/100 e pela Master of Wine Jancis Robinsom com 12/20.

Às vezes um crítico não consegue ser coerente nem com ele mesmo, como no constrangedor exemplo citado no último post (veja aqui).

Enfim, as discrepâncias são enormes. Mas em algumas, raras, ocasiões a imprensa especializada emitiu um veredicto unânime. O site Wine-Searcher analisou seu banco de dados de 1,5 milhões de avaliações feitas por mais de 30 influentes críticos internacionais e descobriu que apenas 7 vinhos ganharam a média de 99 ou 100 pontos, cruzando as notas destes eminentes avaliadores.

Outros vinhos que ganharam 100 pontos por mais de um crítico poderiam estar na lista, como o Château  Latour 1961 e o Château  Margaux 2000, mas a média agregada baixou devido a notas menores de outros avaliadores, o que acabou que estas duas garrafas chegassem a um total, respectivamente de 97 e 96 pontos.


Já se quiser provar uns, prepare sua carteira, aliás, sua conta poupança, pois estes brinquedos custam caro: o mais barato dos 7, o Domaine Louis Chave Ermitage Cuveé Cathelin 2003 custa quase U$3mil, já para o mais caro, o Château d’Yquem 1811, deveria desembolsar mais de U$ 120mil pela garrafa, sempre se a encontrar a venda.

Mas chega de papo, veja a seguir a tabela definitiva dos que podemos definir como os “7 melhores vinhos de todos os tempos”*.


 * RP: Robert Parker; JR: Jancis Robinson MW; RVF: La Revue du Vin de France; JG: Jamie Good; Jeannie: Jeannie Cho Lee MW


0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...