sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Era só o que me faltava: o vinho Cinquenta tons de Cinza

Todo mundo ouviu falar do livro "Cinquenta tons de Cinza". Eu não o li e nem tenho intenção de lê-lo, pelo menos não nos próximos 50 tons de anos, todavia o romance pseudo-erótico / sadomasoquista de E.L. James foi um sucesso de vendas intergaláctico e por um bom tempo as mulheres (mas também alguns homens) não falavam de outra coisa.
Pois bem, agora o livro, que na verdade é uma trilogia, se tornou um vinho.
Parece que o protagonista masculino do romance seja um bon vivant e, portanto que o vinho seja bastante presente nas páginas da trilogia, ao ponto que a autora decidiu lançar a linha de vinhos Fifty Shades of Grey (nome do livro em língua original).
Junto com alguns enólogos da Califórnia, a senhora James elaborou um tinto e um branco que, segundo ela, evocam a sensualidade de muitas cenas dos 3 livros. O branco White Silk  é um corte de Gewürztraminer e Sauvignon Blanc; já o tinto Red Satin é um blend de Syrah com Petit Syrah, maturado em carvalho francês.
Alguém sentia falta destes vinhos? De qualquer forma, para os sadomasoquistas interessados, nos EUA os rótulos são comercializados por cerca de U$ 18,00 cada. Se chegar aqui, deve ser uns cinquenta tons de Reais a mais.


4 comentários:

  1. Grande Mario!
    Rapaz, o pessoal já não sabe o que inventar para ganhar dinheiro. Será que um dia pensarão em fazer vinho? rsrs.
    Abraços,
    Flavio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Flavio,
      Realmente, a mulher ganhou tanto dinheiro que não sabia mais o que fazer com ele: se tivesse feito qualquer outra coisa ao invés de vinho a gente teria ficado mais grato rsrsr.
      Forte abraço!

      Excluir
  2. Mario, comecei a ler o livro e realmente era uma porcaria. Mal escrito, péssima história e olha que ainda li no idioma original. Depois de algumas páginas, simplesmente deletei do meu e-Reader!! Sobre o vinho, eu não tenho pressa em prová-lo. E aliás, tudo que é comercial demais não costuma ter boa qualidade. Abraço, Alessandra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alessandra, a sua descrição confirma a ideia que eu tinha do livro. Quanto ao vinho, ele pode ser até correto assim como todos os produtos muito comerciais (ou pelo menos espero!), mas não faço a menor questão em prova-lo.
      Obrigado pela visita e pelo seu comentário.
      Abraço!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...