segunda-feira, 28 de março de 2016

Um belo Torrontés

O Torrontés argentino, muito amado nos Estados Unidos e Canada, é um pouco subestimados por aqui. Na verdade este é um tipo de vinho que deveríamos tomar mais aqui no Brasil no lugar dos encorpados e amadeirados chardonnays, pois sua delicadeza e frescor são aliados ideais para o nosso clima quente (inclusive pode ser servido um pouco mais gelado que os demais brancos).

A Torrontés é uma das uvas mais aromáticas do planeta, lembrando Moscatel (da qual é parente), ou Viogner, e hoje cultivada unicamente na Argentina. Embora seja produzida no País inteiro, é certamente na região de Salta que alcança sua maior expressão, mais especificamente na área de Cafayate, onde consegue melhores resultados.



É exatamente desta região que procede este Felix Lavaque Torrontés 2012, de vinhedos localizados a 1800mt de altura, que proporcionam clima e solo perfeitos para desenvolvimento especialmente de excelente acidez, mas também de aromas intensos. As videiras de baixo rendimento e idade média de 55 anos, a colheita feita à mão e os processos de vinificação estritamente controlados permitem produzir vinhos equilibrados, com sabor concentrado e bastante aromático. Atualmente na quinta geração da família, conta com o trabalho de Francisco Lavaque, graduado em Viticultura e Enologia pela UC Davis.

Exuberante em todos os aspectos. Muito aromático, com bastante fruta no nariz como pêssego, limão siciliano, ervas frescas e flores de campo. Seu frescor faz salivar a boca em um corpo macio de boa concentração, onde predomina a fruta doce. Final levemente amanteigado com notas cítricas.
Perfeito para aperitivos e entradas leves, mas escolta com sucesso frutos de mar e peixes em molhos leves. Devido a sua aromaticidade e leve doçura pode acompanhar também pratos com especiarias exóticas como os da culinária asiática ou árabe.  


Vinho:
Felix Torrontés
Safra:
2012
Produtor:
Felix Lavaque
País:
Argentina
Região:
Salta
Uvas:
Torrontés (100%)
Alcoól (Vol.)
14%
Importadora:
World Wine
Custo médio:
R$ 140,00
Avaliação MV
** (marcante)


A Bodega 


Salta


2 comentários:

  1. A Torrontés é provavelmente minha casta branca favorita.
    :)

    Obrigado pelo postagem, é sempre bom tomar nota de outros rótulos de Salta. Já anotei e vou levar para casa na próxima oportunidade!

    ResponderExcluir
  2. Edward, eu que agradeço pela leitura e pelo seu comentário.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...