sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Resfriado? Esqueça o Vick e tome este País!

Neste friozinho do inverno você ficou com resfriado e nariz entupido? Deixe o spray nasal do lado, pois uma taça de vinho País vai resolver seu problema melhor que qualquer Vick da vida!
Obviamente estou exagerando, mas a característica balsâmica deste vinho é bem marcante, tanto no nariz quanto na boca.

Mas vamos por degraus.

Você deve já ter ouvido falar da uva país, né?  Ela foi a primeira uva vinífera a ser plantada no Chile, levada lá há 400 anos pelos missionários espanhóis (por isto também conhecida como Misión). Leia a história completa aqui 

Longamente esquecida, em favor das mais famosas variedades internacionais está recentemente sendo redescoberta e aos poucos se tornando a uva mais cool do Chile.

Não é fácil encontrar em terras brazukas vinhos produzidos totalmente a partir desta única casta, ma já em corte temos alguns exemplares (como por exemplo o que escolhi para a seleção do mês do Clube dos Vinhos Vinitude ).

Já o exemplar desta matéria eu trouxe diretamente do Chile:

Viña Gonzalez Bastías Matorral País 2010



Procedente da área costeira de Maule, este vinho praticamente se encaixa na famigerada categoria definida como “natural”. As parreiras de 200 anos são conduzidas de forma biodinâmica, a vinificação feita com menor intervenção humana possível, maturação em ânforas de barro.

O vinho pode não ser o melhor da vida (alías, bem longe disso), mas certamente é um dos mais interessantes que provei recentemente, pela suas peculiaridades bem diferentes.


Como disse, no nariz é uma explosão de mentol/ hortelã, eucalipto, talco, e todos os produtos balsâmicos, junto com fruta vermelha tipo cereja e morango, com notas de baunilha e canela. Na boca as mesmas sensações são repetidas em camadas, num corpo leve e macio, onde se destaca a pronunciada acidez. Os taninos são finos e redondos e o álcool de 14% é imperceptível.  A garrafa acabou rapidamente, sinal que foi bom. É aquela coisa: é o meu vinho? Certamente não. Compraria novamente? Certamente sim.


0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...